A Infiltrada

Livros

Textos

Que saudades da Bia
Sempre que ela vinha meu coração batia.





e tudo que ela dizia. eu logo ouvia, que saudades da Bia.







E logo eu via, que ela tinha, aquelas palavras...




que saudades da Bia menina sincera mais sincera,











Lembrancas guardei, pois logo se vez, tao triste este dia... sempre lembrando da Bia.
Silvia A Infiltrada
Enviado por Silvia A Infiltrada em 17/04/2019
Alterado em 24/07/2019


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras